domingo, 6 de dezembro de 2009

loira


Após terminar o seu longo curso de advocacia, a loira abre o seu próprio escritório.
Logo no seu primeiro dia de trabalho há alguém que bate à porta e ela, para marcar aquela presença, pede à pessoa para entrar e esperar um pouco...
Fica uns 30 minutos a fingir uma conversa ao telefone:
- Sim. claro! Eu não perco um processo! E este está muito fácil...
O homem olha para ela com uma cara desconfiada.
- Com certeza. no próximo julgamento o Juiz certamente dará a sentença a nosso favor e venceremos!!! (e assim ficou a enrolar...).
Quando desligou, após aquela 'longa conversa', toda educada, pergunta:
- Pois não cavalheiro, em que posso ajudar?
O homem respondeu:
- Sou da Portugal Telecom. Venho instalar a sua linha de telefone!


3 comentários:

Rita disse...

Olá amiga, seu blog está muito lindo!
Passo por aqui para desejar uma boa semana e deixar uma bela mensagem.
bjs

Rir é correr risco de parecer bobo
Chorar é correr risco de parecer sentimental
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro EU
Defender seus sonhos e idéias diante da multidão é correr o risco de parder a amizade das pessoas
Amar é correr o risco de não ser correspondido
Viver é correr o risco de morrer
Confiar é correr o risco de se decepcionar
Tentar é correr o risco de fracassar
Poré, os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é o de não arriscar nada
A pessoa que não corre nenhum risco, não faz nada, não tem nada, não consegue nada
Ela pode evitar sofrimentos e desilusões, mas não sente, não muda, não cresce, não ama, não vive
Acorrentada por suas atitudes, torna-se escrava e priva-se da liberdade
Por isso, somente a pessoa que corre riscos é totalmente livre.

Jacque disse...

Quero convidar você para pegar meu cartão de Natal, no Blog: Arco-Iris Encantado. E tb, convidar para aparecer no mesmo Blog dia 1° de janeiro, pois, é meu aniversário e vou oferecer uma lembrancinha.

Beijo.

Jacque

a vida nos orfanatos disse...

olá eu sou a Joana do "cantinho da mamã" e queria pedir-lhe uma coisa, a si e a todos...venho pedir a toda a gente para nos dar ideias para ajudar uma Instituição de Crianças orfãs na linha de Sintra.... dar ideias não custa, pois não? por favor ajudem-nos, é muito importante.

bj e obrigada